sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Coimbra terá uma Casa das Artes a partir de amanhã

A Fundação Bissaya Barreto vai inaugurar amanhã, em Coimbra, a Casa das Artes, um espaço cultural que acolherá projectos de diferentes associações artísticas da cidade, entre as quais, para já, se encontram a Camaleão - Associação Cultural, o Fila K Cineclube e a Companhia de Teatro Marionet. Estas são as primeiras beneficiárias do projecto e vão ficar instaladas no novo espaço, situado na Avenida de Sá da Bandeira.


"A Casa das Artes pretende dar espaço efectivo à concretização de projectos de qualidade, de jovens associações culturais do tecido urbano de Coimbra que, por ausência de um espaço próprio, vêem reduzida a sua capacidade de diálogo com a cidade", afirma a presidente do conselho de administração da fundação, Patrícia Viegas Nascimento, esperando que a Casa das Artes "seja um espaço de incubação de projectos culturais".

Segundo explicou, a Casa está estruturada de modo a permitir que cada associação tenha, pelo menos, "o seu próprio espaço-sede", mas tem também um "regime de partilha de espaços amplos e jardins", que permitem realizar espectáculos, exposições, e diversas performances. A fundação cede a Casa gratuitamente a cada uma das associações residentes, por três anos e, ao fim deste período, existe a possibilidade de acolher novos residentes.

Patrícia Viegas Nascimento entende que, "numa altura em que por parte do Estado há um agravamento do desinvestimento em matéria cultural", a fundação não podia "deixar de actuar, tentando diminuir os muitos constrangimentos que os jovens empreendedores culturais têm hoje para se afirmar e projectar". A ideia é apostar "verdadeiramente no potencial cultural de Coimbra e dos seus agentes culturais".

Amanhã, a partir das 17h, será feita uma visita à Casa e inaugurada uma exposição comemorativa dos dez anos da Companhia de Teatro Marionet, entre outros momentos, como a apresentação da peça Starview pela companhia de teatro A Camaleão, com concepção e direcção artística de Pedro Malacas e interpretação de Helena Faria e Rui Damasceno. Haverá também um momento musical, com Catarina Braga, e será projectado um trabalho em vídeo, A Criação, pelo Fila K Cineclube.

12.11.2010 Por Maria João Lopes
Jornal Público
http://www.publico.pt/Local/coimbra-tera-uma-casa-das-artes-a-partir-de-amanha_1465735

Sem comentários: